Blog > Pecuária > O que precisa saber sobre a alimentação para galinhas para ter aves mais saudáveis e produtivas

Uma boa alimentação para galinhas ajuda a criar animais mais fortes e produtivos e, como consequência, obtemos mais ovos e carne mais saborosa. Sabe o que é essencial na hora de escolher uma alimentação saudável para galinhas? Continue a ler e descubra:

  • Quais são os melhores tipos de alimentação para galinhas?
  • Por que razão a água é crucial na alimentação das aves?
  • O que deve ser eliminado da alimentação para galinhas?
  • Qual a importância dos comedouros e bebedouros na alimentação para aves?
  • Além de uma boa alimentação, o que mais contribui para a saúde das aves?

galinhas a serem alimentadas com raçãoUma boa alimentação para galinhas contribui para o bom desenvolvimento global das aves

 

Quais são os melhores tipos de alimentação para galinhas?

A alimentação para galinhas é um dos tópicos que mais dúvidas suscitam entre tratadores e muitas pessoas ainda hoje acreditam que apenas se deve dar restos de comida ao animal. Nada poderia estar mais longe da verdade!

É certo que as galinhas são aves muito adaptáveis e comem um pouco de tudo. Mas isso está longe de significar que, ao dar-lhes restos de comida, estamos a providenciar todos os nutrientes que o animal precisa para manter-se saudável.

As galinhas são omnívoras, ou seja, alimentam-se de substâncias animais e/ou vegetais. Precisam de uma dieta equilibrada, nutritiva e com um rigoroso controlo de qualidade e é por esse motivo que uma boa ração para galinha inclui na lista de ingredientes porções adequadas de cada grupo da Roda dos Alimentos:

  • Cereais: trigo, milho, aveia, cevada, centeio;
  • Verduras: ervas, repolho, couve, espinafres, cenouras, alface, brócolos, couve-flor;
  • Legumes: ervilhas, feijão, lentilhas, soja;
  • Pequenos animais;
  • Complementos de cálcio: conchas trituradas (podem ser de amêijoas ou de mexilhão, por exemplo).

Convém reforçar que, se for de qualidade, a ração para galinhas é suficiente para manter a ave saudável. Caso queira dar algum mimo ao animal, deve fazer uma seleção cuidada.

Note ainda que a alimentação de uma galinha varia muito conforme se trate de um pinto, de um frango ou de uma galinha poedeira. De seguida, detalhamos a alimentação adequada de acordo com o tipo de ave e faixa etária. 

 

Alimentação para Pintos 

embalagem de ração para pintosUma boa alimentação para pintos também inclui fibras para uma melhor saúde intestinal e um bom crescimento

 

Até aos 21 dias de idade, é importante seguir uma dieta especial para pintos e conhecida como “a dieta inicial/de crescimento de pintos”.  As rações para pintos são mais ricas em proteína, cereais e gordura do que as rações confecionadas a pensar nas aves adultas.

 

Alimentação para Poedeiras

embalagem de ração para galinhas poedeirasUma boa alimentação para galinhas é rica em cereais, cálcio e vitamina D3

 

Fornecer uma alimentação específica para galinhas poedeiras torna o animal mais produtivo, garantindo uma maior produção de ovos quer seja ao nível do tamanho ou da quantidade.. Para produzirem ovos de qualidade e em boa quantidade, a dieta da galinha poedeira deve suprir necessidades específicas deste animal. 

Estas aves têm necessidades muito altas de cálcio, proteínas e vitaminas e devem ser alimentadas com uma dieta de postura. As dietas de postura contêm entre 3,5% a 5% de cálcio e 16% de proteína. 

 

Alimentação para Frangos

embalagem de ração para frangosUma boa alimentação para frangos também inclui enzimas para melhor aproveitamento dos ingredientes

 

Há também rações completas para frangos que garantem uma carne mais saborosa e plumagem mais brilhante.

 

Ver Ração para Galinhas

 

Por que razão a água é crucial na alimentação das aves?

Lembre-se ainda que a alimentação para galinhas deve ser complementada com uma boa hidratação. 

Ter água limpa e fresca sempre disponível é essencial para o animal, sobretudo para as galinhas poedeiras - a privação de água por apenas algumas horas causa um declínio na produção de ovos e, nos piores casos, galinhas sem água podem morrer em 24 horas, nos períodos de calor intenso.

 

O que deve ser eliminado da alimentação para as galinhas?

Da mesma forma que existe uma lista de alimentos para galinhas que as tornam mais saudáveis, existe também uma lista de alimentos a evitar, sob pena do animal ficar doente e até morrer. Tome nota!

  • Cebola;
  • Alho;
  • Abacate;
  • Casca de batata;
  • Sementes de maçã, pera e cerejas;
  • Citrinos como a laranja e o limão;
  • A planta e as folhas do tomate ou do pimento;
  • Feijão seco;
  • Folhas de ruibarbo;
  • Alimentos salgados ou açucarados.

Ver Ração para Galinhas

 

Qual a importância dos bebedouros e comedouros na alimentação das aves?

A forma como o alimento é disponibilizado às galinhas é também uma prioridade. Escolhida a melhor alimentação para a galinha, é também importante assegurar bebedouros e comedouros para o animal. Para evitar derramamento e desencorajar roedores, utilize comedouros e bebedouros suspensos para galinhas adultas.

alimentacao-galinhas-destaqueUma boa ração associada a outros cuidados com a alimentação garante mais saúde para as suas aves

 

Lembre-se ainda que os bebedouros e comedouros devem ser lavados, evitando comprometer a qualidade da alimentação das galinhas

Uma boa ração associada a outros cuidados com a alimentação garante mais saúde para as suas aves

No caso dos bebedouros, devem ser reabastecidos com água limpa pelo menos uma vez por semana para prevenir o crescimento de algas. Tenha o cuidado de colocar os pratos de água uns centímetros acima do solo para evitar que fiquem sujos por excrementos ou terra. 

Os comedouros são também uma boa opção para armazenar a ração de uma forma segura e higiénica. Como têm tampas, são à prova de roedores, o que é bastante importante porque insetos e roedores carregam bactérias e parasitas que podem causar problemas de saúde às aves.

Aconselhamos também que mantenha o seu comedouro para galinhas numa área fresca, longe da luz, calor e humidade, já que o excesso de calor pode provocar uma rápida quebra de vitaminas nos alimentos e a humidade pode levar ao crescimento de fungos tóxicos.


Ver Comedouros e Bebedouros para Aves

 

Além de uma boa alimentação, o que mais contribui para a saúde das aves?

A qualidade de vida das aves passa também pelo local onde passam a maior parte do seu tempo.  Além de uma boa alimentação para as suas galinhas, garanta também um galinheiro espaçoso com as condições ideais.

Se for possível para si, deixar as suas galinhas ao ar livre só trará benefícios. Por um lado, permite que as galinhas poedeiras se desloquem com maior liberdade; por outro, possibilita que a sua alimentação seja complementada com outros alimentos encontrados no solo, como: grãos, insetos, sementes, e muitos outros.

Se permitir que as suas galinhas poedeiras andem ao ar livre durante o dia, poderá optar por soltá-las sem limites ou restringir numa área limitada. Caso assim seja, é essencial uma vedação no perímetro do galinheiro. 

É também importante que à noite, recolha as aves para as suas gaiolas. Saiba, no entanto, que, regra geral, quando anoitece, as galinhas costumam regressar para o seu galinheiro. 

 

Se precisa de ajuda para escolher a melhor alimentação para as suas galinhas, visite a Agriloja mais próxima e fale com os nossos colaboradores especializados. As nossas equipas de loja estão sempre disponíveis para ajudar na sua escolha.

 

Ver Ração para Galinhas

REDE DE LOJAS AGRILOJA

Ovar

Rua da Návega, nº 311-329 - Olho Marinho 3885-113 - Arada

(+351)256790670

geral.ovar@agriloja.pt

Segunda a Sábado:
Período da Manhã:
09:00 – 12:30
Período da Tarde:
14:00 – 18:30

Aberto aos Feriados.

Encerrada a: 1 de Janeiro | 3ª Feira de Carnaval | 1 de Maio | 1 de Novembro | 25 de Dezembro

Siga-nos nas redes sociais