Blog > Bricolage > Gerador a diesel e gerador a gasolina: saiba como fazer a escolha certa (e evite erros!)

Está a pensar comprar um gerador a diesel ou um gerador a gasolina mas ainda tem dúvidas sobre qual é o mais indicado? Veio ao sítio certo. 

Vamos explicar quais são as principais diferenças entre um gerador a diesel e um gerador a gasolina e indicar os pontos-chave que deve considerar na hora de optar por um ou por outro. No final da leitura deste artigo, ficará a saber qual é o gerador de energia mais adequado à sua situação.

gerador-a-diesel-e-gerador-a-gasolina-saiba-como-fazer-a-escolha-certa-agrilojaSaiba como escolher o seu gerador com os conselhos dos nossos especialistas 

 

Quais as diferenças entre um gerador a diesel e um gerador a gasolina?

Antes de abordarmos o que distingue um gerador a diesel de um gerador a gasolina, convém clarificar qual é a função destes aparelhos. Os geradores asseguram um contínuo fornecimento de energia. Permitem contornar imprevistos e dar continuidade às atividades do dia a dia.

Na hora de escolher o equipamento certo, há dois pontos principais a analisar: 

  • Fonte de alimentação (gerador a diesel ou gerador a gasolina);
    Note que a fonte de alimentação vai influenciar tanto a regularidade de utilização como o tamanho do equipamento.
  • Potência necessária. 


Tendo em conta estes parâmetros, deve optar por um gerador a diesel ou por um gerador a gasolina? Continue a ler para descobrir.

 

Gerador a Gasolina

Se o que pretende é suprimir uma necessidade de energia pontual (por algumas horas ou minutos), o gerador a gasolina é a opção mais aconselhada. 

Por norma, os geradores a gasolina são:

  • mais pequenos;
  • menos poluentes;
  • mais fáceis de transportar;
  • mais silenciosos.

Como têm menos potência, estes equipamentos são ideais para situações em que a necessidade de energia é esporádica. 

São recomendados para casos de falha na rede, por exemplo, mas também muito utilizados em residências, pequenos comércios e propriedades rurais.

gerador-a-diesel-e-gerador-a-gasolina-saiba-como-fazer-a-escolha-certa-gerador-gasolina-25kva-agriloja

Gerador a gasolina com uma potência de 2200W

Ver Geradores a Gasolina

 

Precisa de um gerador que funcione durante muitas horas ou dias seguidos? Nesse caso, recomendamos que opte por um gerador a diesel. Explicamos de seguida o porquê.

 

Gerador a Diesel

Os geradores a diesel são mais potentes e, por isso, uma boa opção para situações em que há necessidade de uso ininterrupto de corrente elétrica. Hospitais, obras de construção e supermercados são alguns dos sítios onde é comum encontrar um gerador a diesel.

Como se trata de um equipamento mais ruidoso (e também mais poluente), convém colocar o gerador a diesel num local arejado e afastado de ambientes residenciais.

Na hora de fazer as contas, é verdade que o gerador a diesel apresenta um custo de aquisição maior, mas convém lembrar que o diesel também é mais barato que a gasolina.  

gerador-a-diesel-e-gerador-a-gasolina-saiba-como-fazer-a-escolha-certa-gerador-gerador-diesel-5kva-monofasico-vito-agrilojaGerador a diesel com uma potência de 5 KVA


Ver Geradores a Diesel

 

Em resumo, tanto o gerador a gasolina como o gerador a diesel são bastante eficientes. A escolha vai depender do seu objetivo.

 

Como escolher a potência de um gerador (passo a passo)

Para calcular a potência necessária do seu gerador, basta somar o índice de consumo de energia elétrica em watts (W) de todos os aparelhos que vão estar ligados ao gerador (a chamada “potência nominal”). 

De seguida, adicione um fator de segurança. Isto porque todos os aparelhos tendem a consumir mais corrente ao arrancar (a chamada "potência de pico") e essa variação deve ser considerada no cálculo final. 

 

A fórmula é:

Potência necessária do gerador =
Soma das potências de todos os aparelhos que vão estar ligados ao gerador + Fator de segurança

 

  • No caso de pequenos eletrodomésticos, deve adicionar-se um fator de segurança de +25% da potência contratada;
  • No caso de equipamentos com motores elétricos, a potência nominal destes deve ser multiplicada por três (para incluir os picos de consumo).

 

Como calcular a potência do gerador (exemplo prático)

O cálculo é simples mas precisa de ter à mão a sua fatura de eletricidade. Vamos lá?

Imagine que pretende comprar um gerador para suprimir as necessidades de energia da sua habitação quando, por exemplo, falha a luz. 

Como se trata de uma necessidade esporádica de energia, concluímos que um gerador a gasolina é uma boa opção. Consultando a sua fatura de eletricidade, verifica que o frigorífico consome 295 watts e a televisão 30 watts. O total de consumo é de 325 watts.

Voltando à fórmula anterior:

Potência necessária do gerador

325 + 25% (325 X 0.25) =

325 + 81.25 =

406.25 kW

 

O cálculo mostra que deve optar por um gerador a gasolina com, pelo menos, 407 kW.

 

Quais os cuidados de manutenção que devo ter com o gerador?

Para prolongar o tempo de vida do seu gerador de energia, há alguns cuidados que deve ter:

  • Usar combustível de boa qualidade;
  • Limpar o filtro de ar;
  • Examinar o estado e o nível do óleo com regularidade;
  • Verificar a limpeza e o nível do líquido de arrefecimento do radiador;
  • Ter em atenção possíveis vazamentos de água e óleo e a ruído anormais durante o funcionamento do equipamento.

 

Já sabe como escolher um gerador de energia?

Se ficou com alguma dúvida ou precisa de ajuda para escolher o modelo ideal, visite a agriloja mais próxima de si e fale com os nossos profissionais especializados. As nossas equipas de loja sabem qual é a melhor opção para si!

 

Ver Geradores

REDE DE LOJAS AGRILOJA

Ovar

Rua da Návega, nº 311-329 - Olho Marinho 3885-113 - Arada

(+351)256790670

geral.ovar@agriloja.pt

Segunda a Sábado:
Período da Manhã:
09:00 – 12:30
Período da Tarde:
14:00 – 18:30

Aberto aos Feriados.

Encerrada a: 1 de Janeiro | 3ª Feira de Carnaval | 1 de Maio | 1 de Novembro | 25 de Dezembro

Siga-nos nas redes sociais